Pesquisa realizada por alunos do Campus de Natal subsidia dados para o Observatório de Turismo do RN

Alunos do curso de Turismo, do Campus Avançado de Natal realizam neste mês de janeiro o segundo momento da coleta de entrevistas para a Pesquisa de Demanda Turística. O objetivo é traçar o perfil dos visitantes do RN, seus gastos, motivações e avaliação dos atrativos turísticos locais. Além disso, a pesquisa fornecerá uma base de dados que será disponibilizada para investidores, empreendedores e órgãos governamentais.

A pesquisa, financiada pela Federação do Comércio (FECOMÉRCIO/RN) e com apoio das Secretarias Estadual e Municipal de Turismo, foi iniciada em setembro de 2017 e é realizada a cada três meses. Os dados constituirão o Observatório de Turismo do RN, que funcionará no Campus da UERN em Natal, sob a coordenação do Professor Dr. Sidcley D’sordi Alves Alegrini da Silva.

O grupo de trabalho do Observatório é formado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte (FECOMÉRCIO-RN), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Universidade Potiguar (UNP) e servidores das Secretarias de Turismo Estadual e Municipal de Natal, com o objetivo de unir esforços para obter dados do setor com mais frequência.

A primeira coleta de dados foi realizada entre os dias 04 e 10 de setembro de 2017. Os questionários foram aplicados nos principais locais frequentados pelo público alvo: Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante; Terminal Rodoviário; além de pontos de fluxo turístico como hotéis, pousadas, feiras de artesanatos e atrativos turísticos. Foram entrevistados 583 turistas.

Conforme o relatório, 46,8% dos turistas, além de visitarem Natal, também buscavam conhecer outras cidades do RN. Depois de Natal, a cidade que mais desperta o interesse dos turistas é o município de Tibau do Sul. Outras cidades mencionadas com destaque foram: Extremoz, Parnamirim, Barra de Maxaranguape São Miguel de Gostoso, Mossoró, Galinhos, Nísia Floresta, Baía Formosa e Canguaretama. A presente pesquisa detectou que o gasto médio per capita por dia do turista foi de R$ 174,97. Sendo que o nacional gastou em média R$ 171,29 e o estrangeiro R$ 203,54.