Pandemia acelera processo de digitalização no campo religioso

Religião e Internet são temas do Fé em Debate On-line desta terça-feira (07.07), evento que contará com a participação do Prof. Dr. Carlos Eduardo Souza Aguiar, doutor em Sociologia pela Université Sorbonne Paris Cité, mestre em Ciências da Comunicação pela USP, especialista em Ciências da Religião pela PUC-SP e graduado em Filosofia pela FFLCH-USP e em Relações Públicas pela ECA-USP.

Para o professor Carlos há alguns pontos que seriam interessantes de serem abordados durante o Fé em Debate como a relação histórica entre comunicação e religião; o papel da técnica na experimentação do sagrado e a questão da legitimidade da experiência religiosa e da autoridade em contextos digitais, contudo, dado o atual momento pandêmico, é inevitável que a discussão gire em torno deste viés: “A pandemia acelerou um processo longo e constante de digitalização de todo o campo religioso, que acontece desde o início do fenômeno da Internet e atinge das religiões tradicionais aos novos movimentos religiosos. Com a pandemia, até as expressões mais resistentes às possibilidades dos novos meios tiveram que acelerar seu deslocamento para as redes para que pudessem continuar existindo em tempos de distanciamento social forçado”, explica.

O programa contará ainda com a presença do Prof. Me. Valter Luís de Avellar, graduado em Ciência da Computação e mestre em Ciências da Religião, ambos pela Universidade Católica de Pernambuco, e a mediação ficará por conta do Prof. Dr. Waldney Costa. O Fé em Debate começara às 19 horas e para participar dessa conversa basta acessar o Canal do Departamento de Ciências da Religião da UERN no YouTube.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here