GRADUAÇÃO

O Curso de licenciatura em Ciências da Religião oferece articuladamente uma formação epistemológica e pedagógica que capacita profissionais para atuar no Ensino Religioso.

:: Código:

101920-0

:: Modalidade: 

Licenciatura 

:: Carga Horária Total:

3575 horas –  Matriz Curricular

:: Tempo do Curso:

Entre 4 e 6 anos (máximo)

:: Objetivo do Curso:

O curso visa desenvolver no aluno as seguintes características:

  • Capacidade de analisar e empreender atividades pedagógicas inerentes ao processo de ensino e de aprendizagem do ensino religioso, como também na produção e disseminação de conhecimento dessa área.
  • Domínio ativo e crítico de um repertório representativo dos conceitos e teorias educacionais relacionadas à disciplina Ensino Religioso.
  • Respeito às diferentes religiões e reconhecimento da importância que estas desempenham na sociedade atual.
  • Atitude investigativa que favoreça a construção contínua do conhecimento, na área das Ciências da Religião e a sua aplicação na área das novas tecnologias educacionais.
  • Capacidade de formular e trabalhar problemas científicos relacionados ao objeto por excelência das Ciências da Religião, o fenômeno religioso.
  • Capacidade de estabelecer relações com as disciplinas afins e suas perspectivas de investigação científica (interdisciplinaridade).

:: Perfil do Egresso:

O profissional de Ensino Religioso deve considerar a escola como lugar de saber (conhecimento), lugar de saber fazer (competência e habilidade) e lugar de ser (ética), de modo a sistematizar as experiências que permeiam a diversidade de culturas e tradições religiosas para:

  • Proporcionar o conhecimento dos elementos que compõem o fenômeno religioso, a partir das experiências religiosas percebidas do contexto do (a) educando (a);
  • Ser capaz de subsidiar o (a) educando (a) na formulação do questionamento existencial, em profundidade, e na resposta com a devida informação;
  • Analisar o papel das tradições religiosas na estruturação e manutenção das diferentes culturas e manifestações socioculturais;
  • Facilitar a compreensão do significado das afirmações e verdades de fé nas tradições religiosas;
  • Refletir o sentido da atitude moral como consequência do fenômeno religioso e expressão da consciência e da resposta pessoal e comunitária do ser humano;
  • Possibilitar esclarecimentos sobre o direito à diferença na construção das estruturas religiosas que têm na liberdade o seu valor inalienável. 

:: Competências e habilidades:

O (a) formando (a) em Ciências da Religião insere-se em um contexto que exige a constante busca do fenômeno religioso. Por isso, espera-se que seja capaz de viver a reverência e alteridade, de considerar que a família e a comunidade religiosa são espaços privilegiados para a vivência religiosa e para a opção de fé, e de colocar seu conhecimento e sua experiência pessoal a serviço da liberdade do educando, subsidiando-se no entendimento do fenômeno religioso. Cortella (2006) é um dos pesquisadores que acentuam que os saberes da docência de professores de Ensino Religioso não se constroem do senso comum nem muito menos da vivência religiosa de alguma fé. A sistematização dos conteúdos, a interação entre os sujeitos aprendentes e os conhecimentos não se realizam aleatoriamente. O aprendizado constitui-se no campo das experiências práticas, vivenciadas lado a lado às teorias de ensino.

Nesse sentido, a competência do(a) profissional das Ciências da Religião exige: 

  • Compreender o fenômeno religioso, contextualizando-o espacial e temporalmente;
  • Configurar o fenômeno religioso através das Ciências da Religião;
  • Conhecer a sistematização do fenômeno religioso pelas Tradições Religiosas e suas manifestações religiosas;
  • Analisar o papel das tradições religiosas na estruturação e manutenção das diferentes culturas e manifestações sócio-culturais;
  • Fazer a exegese dos Textos Sagrados orais e escritos das diferentes matrizes religiosas (africanas, indígenas, ocidentais e orientais);
  • Ter a capacidade de utilizar instrumentos didático-pedagógicos, tendo em vista o desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem dos conteúdos escolares relacionados em Ciências da Religião e as questões interdisciplinares;
  • Saber planejar e coordenar experiências de aprendizagem, organizando o conteúdo a fim de torna-lo prático e útil, adaptado a realidade discente para intervir no contexto social e religioso no qual esta inserido;
  • Ser consciente da importância da pesquisa e da extensão, enquanto instrumentos de produção e socialização do conhecimento para a melhoria da qualidade de vida.