EMOÇÕES E RISCOS EM AGÊNCIAS DE VIAGENS EM MOSSORÓ – RN

  • Raoni Borges Barbosa

Resumo

Resumo: O presente artigo problematiza a construção cotidiana de emoções e de riscos no contexto de trabalho precarizado, de subalternidade moral, de engolfamento emocional, de ofensa moral, de vergonha e humilhação e de ressentimento que caracteriza os rituais de interação em Agências de Viagens em Mossoró – RN. Esta problematização se dá amparada na discussão de dados etnográficos e de entrevistas estruturadas produzidos por Rangel (2020) com trabalhadores de Agências de Viagens em Mossoró – RN, cuja tônica da pesquisa foi a de buscar compreender o processo de inserção laboral de trabalhadores em regime de precarização na área do Turismo do urbano contemporâneo brasileiro de médio porte no atual contexto de Capitalismo de Acumulação Flexível. O processo sob análise apontou para um intenso momento de sequestro da subjetividade do trabalhador desde rituais de interação que invadem sua zona de integridade psíquica, o lugar íntimo e privado da casa e até mesmo seus esforços de organização biográfica em futuros possíveis no mundo do trabalho.

 

Palavras-chave: emoções e risco, subalternidade moral e engolfamento emocional, trabalho precarizado, Agências de Viagens, Mossoró – RN

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-10-26